dezembro 10, 2008

Londres: Semana Boa

Estou, faz algum tempo, prometendo escrever sobre a viagem que fizemos a Londres na semana do Thanksgiving. Infelizmente, a falta de tempo estava me impedindo de escrever posts mais longos, como este que segue abaixo, além de selecionar algumas poucas fotos para colocar aqui, já que foram muitas as imagens legais que conseguimos captar. Bom, se você estiver com tempo, aproveite: acho que o relato da viagem mostra o quanto valeu a pena cruzar o Atlântico por uma semana.

Chegamos em Londres no dia 23 de novembro, domingo, com o clima que, dizem, típico da cidade: tempo fechado, chuva, céu bem encoberto, sem perspectiva de vermos o sol. Também a mudança de fuso horário não foi muito legal. Realmente, com 5 horas de diferença no fuso, chegar às 8 da manhã em Heathrow era quase equivalente a chegar de uma festa às 3 da manhã, mas sem estar bêbado... Um horror. De toda forma, a chegada foi divertida, já que andar por Camden em pleno domingo de feira trouxe lembranças da Oswaldo Aranha nos finais de semana. Todos os "amigos punks" estavam por lá, literalmente.

Para quem não conhece Londres (era o meu caso), o primeiro impacto da cidade é estranho, já que a maior parte das conexões são feitas pelo metrô. Por mais que a Christiane e a Carla me explicassem por onde estávamos passando, não foi até a noite em que pude olhar direito para um mapa e, no dia seguinte, andar de ônibus, que consegui me localizar. Na foto abaixo, minhas guias preferidas na foto padrão.


Como turista de primeira viagem na cidade, a programação foi montada de forma que eu conhecesse as atrações principais. Logo, andamos por Trafalgar Square, Picadilly Circus, chegamos perto da Tower Bridge, entramos na Tower of London, estivemos perto do Palácio de Buckingham pouco antes de uma cerimônia de troca da guarda (não ficamos para ver, já que eu já achei chato toda aquela movimentação, antes mesmo da cerimônia, que minhas guias garantiram ser mais chata ainda), etc, etc, etc. Para mostrar que tudo foi feito de acordo com o roteiro básico do turista, segue a outra foto padrão na cidade. As cabines telefônicas, hoje em dia, só servem para serviço de utilidade pública: algumas mostram propagandas de prostitutas; outras funcionam como mictório. Para os bons observadores, as notas no fundo da cabine eram propagandas (o cheiro de urina na cabine me fez concluir que os serviços de utilidade pública não se excluem).


Um passeio muito legal foi a volta na London Eye. Ao contrário dos seus detratores, eu achei que a roda gigante colocada nas margens do Tâmisa combinou muito bem com a paisagem, ainda mais por não ser a única obra moderna ao redor: a Golden Jubilee Bridge tem um desenho bem avançado; o próprio prédio da Waterloo Station, a despeito da fachada tradicional, tem uma base metálica moderna muito interessante. Como se pode notar pela foto abaixo, o tempo nos deu uma trégua, e permitiu vistas muito bonitas da cidade.


Como não poderia deixar de ser, também, passamos pelo museu de Madame Tusseauds, com suas estátuas de cera com imagens de celebridades, e as fotos ridículas com seus personagens. Por exemplo, a reação da Chris quando encontrou certa figura... É o orgulho da casa!


Também encontrei um outro pedindo uma ajuda para resolver os problemas com uma "marolinha". Tive que deixar a minha contribuição.


Além disso, uma mão bem indiscreta em áreas indevidas de uma moça que valoriza seus atributos. Como se pode ver, não faltaram, mesmo, fotos ridículas. (Vou evitar, também, a piada dizendo que Jennifer Lopez é uma mulher sem graça, já que é "fria". Ops, escapou! Desculpa aí!)


Na agenda cultural, não poderiam faltar as visitas ao British Museum e a National Gallery. No prédio do British Museum (um monumento por si só de arquitetura), a visita à famosa "Pedra da Roseta", que Champollion usou para decifrar os hieróglifos egípcios, me trouxe de volta às aulas de história da quinta série. Emocionante ver este pedaço da história ao vivo. Também as múmias egípcias e estátuas gregas me lembraram da vantagem de ter sido uma potência mundial em outras épocas: garanto que nenhuma destas preciosidades estariam no British Museum se a Inglaterra não tivesse saqueado os tesouros gregos na sua fase "super-potência". Abaixo, eu junto de uma das imagens de Tutankhamun.


Por fim, como também não poderia deixar de ser, visitamos alguns pubs pela cidade. Um deles, em um dos passeios organizados pela London Walks (vale muito a pena, são guias muito bem preparados e que sabem muito sobre a cidade), era um dos mais antigos da cidade. Na verdade, era um pub que existia naquele prédio desde 1695, mesmo que tivesse trocado (muitas vezes) de dono ao longo destes anos. Também estivemos em pubs mais tradicionais. Comemos "fish and chips", tomamos cervejas locais (muito ruins, na sua maioria), e nos divertimos muito.

Finalmente, na foto abaixo, minhas guias preferidas, extasiadas com a minha presença, estão me agradecendo pelo passeio. Eu é que tenho que agradecer a elas: foi tudo ótimo!


Abraços!

P.S.: Post atualizado como resultado do meu desconhecimento dos nomes das pontes que cortam o Tâmisa.

4 comentários:

Chris disse...

Pequenas observações:
(1) Sobre o pub a que vc. se refere, o "Ye Olde Cheshire Cheese": a construção atual data de 1667 (reconstruído após o Grande Incêndio de 1666). Há um pub naquele local desde 1538 - um pouquinho mais antigo do que o colocado no post.

(2)Sobre o comentário acerca da última foto, minha avó já dizia: "modéstia e água benta nunca fizeram mal a ninguém!" rsrsrsrs

(3) Faltou citar o Jack, The Ripper, e o mais interessante comentário do guia durante a caminhada (aquele sobre o pessoal dos derivativos...rs)

Mas foi ótimo ter você lá... fez a cidade ainda melhor!
E as guias aceitam os agradecimentos... ;) ;) ;)

Carla disse...

Veja bem....MOORRRRRRRRRRRRRRAAAAAAAAAAAAA JOVEM... que vc nao ia gostar de LONDON LONDON... risos... amei tudo e principalmente a presenca de vcs!!!! Deves mais agradecimentos a guia principal Chris...a guia Carla foi contratada apenas para divertir a programacao...risos..e com muito orgulho!!!! SAUDADESSSSSSSSSSS...e grande bjo p vcs!!!

Anônimo disse...

Gostei muito do Blog. Não é praga não, mas vê se voltam rapidinho pois meus parceiros de happy hour do Depep ou ainda estão trabalhando ou vão para casa trocar fraldas.

Eduardo

Angelo M. Fasolo disse...

Oi Eduardo!

Obrigado pela visita! O pessoal do Depep não estava ocupado ultimamente com o RI? Deve ter alguém por lá para o chopp... Senão, nós voltamos, mesmo, pode ter certeza.

Abraços!