agosto 29, 2006

Das Aulas

Notas rápidas sobre as aulas, agora que já fui apresentado a todos os professores:

1) Não se engane!!! Quando o seu professor disser, em sala de aula, que o livro do Barro e do Sala-i-Martin de crescimento econômico é importante, ele não estará querendo empurrar leituras desnecessárias só para se satisfazer enquanto carrasco. O livro é bom, e você pode ganhar um bom tempo mais adiante, talvez lendo os originais do tema (Solow, Swan, Ramsey, entre outros), enquanto seus colegas correm atrás do material!

2) Se você tiver 5 minutos livres, gaste-os visitando o melhor site pessoal de um economista que eu já vi. Não, isto não é auto-promoção do blog, apesar de sermos torcedores do Barcelona, e ele também não é meu professor!!!! Hahahahahaha...

3) Ah, este povo do Filtro de Kalman... Primeira aula de econometria, o professor entra na sala, fala da matéria, provas, etc... antes de começar a matéria propriamente dita, uma pequena introdução sobre econometria (no que difere da estatística), um papo sobre os livros, e uma historinha: ele foi professor assistente em Princeton, e estava quebrando a cabeça para resolver um problema de econometria clássica. Quando foi solicitar ajuda, Prof. Sims lhe deu a seguinte resposta:
— Hon, why don't you become a Bayesian econometrician? That would make this problem so easy to solve...
Logo, se você tiver a chance, não perca: faça um curso de econometria Bayesiana, e esteja na crista da onda!!!!

4) Outra historinha do professor de econometria: segundo ele, o autor deste livro de introdução à estatística e econometria, que está sendo adotado aqui no curso no começo, jurou que jamais rodou uma regressão em um computador. Todo o livro teria sido escrito sem o cara possuir um mínimo de experiência em "meter a mão na massa". Tá bom...

5) Sem novidades no front de Micro: Mas-Collel, mesmo que Christiane queira dizer o contrário depois de sua última viagem, ainda é o cara!!! Nada de mais novo e atual em termos de livros para mestrado-doutorado na área.

Abraços!

5 comentários:

Rui Pedro disse...

O problema do Mas-Collel é que a discussão surge tão generalizada que a digestão fica lenta - e isso prejudica a fruição. Bons estudos e boa continuação para o seu blog!

Chris disse...

não tô dizendo que ele não é o cara (o Mas-Collel)... Só disse que se eu achei que o problema era compreender o livro dele, me enganei:o problema é compreender ELE (dêem um desconto à concordância). Poxa! Ele fala igual ao Fred Flintstone resmungando!!!! É de doer aguentar 2 horas em um lugar com eco! *rs

SergioLago disse...

Fala Ângelo, beleza!?

Então está se identificando com o curso! Legal!
Realmente o livro do barro é muito bom. Creio que deveria inclusive criar um arquivo com as derivações de seus resultados para consulta futura, pois depois de um tempo a gente perde o treinamento com hamiltonianos da vida... Mas o livro é essencial se você partir para os modelos DSGE com fricções, política monetária, etc...

Abraços
Sergio

Angelo disse...

UAU!!! Tenho mais do que tres leitores do blog!!!! Sergio, Rui (leitor desconhecido, ou minha memoria esta falhando?), um abraco para vcs, obrigado pelos comentarios. Por aqui, correria total, esta comecando a faltar tempo para postar coisas novas.
Um abraco a todos!

Rui Pedro disse...

É verdade, sou novo por aqui! Encontrei o seu comentário nos Rabiscos Económicos e vim visitar a sua página. Bons Estudos!