agosto 08, 2006

Imagens

O lugar onde costumo almoçar fica em um centro da universidade que também é utilizado para exposições: o Bryan Center fica ao lado da catedral da universidade, e conta com três lancherias, correios, lojas com artigos da universidade, salões amplos, e toda sorte de serviços que se possa imaginar. Nesta semana, está tendo um evento de uma instituição chamada CAJE. Nunca tinha ouvido falar na Coalition for the Advancement of Jewish Education, até abrir o site deles hoje para escrever este texto. Pelo que entendi, é uma organização que promove o “jeito” judeu de viver, relacionado a assuntos de educação.

A exposição é razoavelzinha, vende-se muita coisa – inclusive um livro de título bem curioso: “The J Girls Guide”, como se fosse algo excepcional ser uma garota judia nos dias de hoje... –, músicos cantam em hebraico, todo mundo se cumprimenta com Shalon!... este tipo de coisa. O que me chamou a atenção, mesmo, foi uma reação em especial: pequenos grupos se formavam em torno das televisões mostrando os bombardeios no Líbano. De fato, o clima não ficava legal quando mostravam isto, as pessoas ficavam mudas, trocavam entre si palavras amenas, bem longe da alegria dos cantos entoados no andar logo acima do prédio.

Não tive a oportunidade de conversar com ninguém por aqui para saber da opinião sobre o que aparecia na TV – também não tenho opinião formada sobre conflitos em regiões de povos que não querem encontrar soluções. Entretanto, a mudança de humor na passagem de um ambiente do salão para outro era marcante, e isto era cristalino como as imagens da TV de plasma 42 de polegadas do Bryan Center.

Abraços!

Um comentário:

Carla disse...

E ai cabeção... só passando p deixar um bjão!!!!