dezembro 05, 2006

Campanha!!!

Colega economista,

Uma nova campanha está no ar, depois do estrondoso sucesso da anterior. Para você, colega economista:

- Que começa a sonhar com as festas que podem ser feitas no encontro da ANPEC/SBE a partir do momento em que o local é anunciado (os últimos encontros foram em Natal, 2005, João Pessoa, 2004, Porto Seguro, 2003, e o deste ano é em Salvador).

- Que pega aquelas suas notas de aula que gastou um tempo organizando, ou aquela monografia que ficou perdida em uma gaveta, olha para elas com carinho e se abraça em um dicionário de inglês, acreditando que "papers" são mais aceitos que "artigos".

- Que passa horas na frente do computador até altas horas da madrugada perto do prazo limite de submissão dos arquivos para a ANPEC, porque a maldita vírgula faz com que o artigo fique com 21 páginas, ao invés das 20 permitidas pela organização.

- Que fica olhando as listas de pareceristas do encontro, e pensando se o seu paper sobre história do pensamento econômico não poderia ser submetido na área de finanças, já que o cara é seu amigo, e pode lembrar que você escreveu alguma coisa na área.

- Que briga com a mulher dos Correios para postar o envelope com as cópias dos artigos com a data do dia anterior, ao invés da data correta, já que era um prazo que você não poderia perder de jeito nenhum.

- Que começa a rezar todo o dia para o seu santo, jurando que, se o "paper" for aceito, no ano que vem você vai gastar um tempo para escrever algum material novo.

- Que liga, depois da aprovação, para todos os amigos, tanto os que tiveram trabalhos aceitos (para marcar as festas), quanto para os que foram rejeitados (para receber os parabéns e dizer que as bancas são umas porcarias, mesmo, e que nada presta neste evento, que o trabalho do cara dizendo que o seu fluxo de caixa é um bom indicador da saúde dentária é muito bom).

- Que reserva as passagens, faz as malas, separa o principal (calção, bronzeador, máquina fotográfica, chinelos) e até algumas coisas desnecessárias (a apresentação e uma cópia com anotações do "paper").

- Que chegou no aeroporto hoje, 5 de dezembro de 2006, pronto para fazer a festa em Salvador, E TEVE O SEU VÔO CANCELADO PELA ANAC!!!!

Meu amigo economista, deixo aqui o espaço para a sua manifestação: faça aqui o seu desabafo!!! Escreva, e eu estarei aqui para oferecer toda a solidariedade neste momento difícil! O espaço é seu, amigo economista!

Abraço, e muita força nesta hora!!!

P.S.: se você ainda estiver constrangido para escrever, veja aqui e aqui a ficha dos "especialistas na área" que cancelaram o seu vôo hoje (detalhe para o prêmio que o segundo recebeu), e depois sinta-se livre para desabafar.

2 comentários:

Chris disse...

Caro Angelo,
Falando como economista - e não como sua esposa - me enquadro em toda a descrição que vc. relatou neste post:
*horas de trabalho porque a porcaria da vírgula (no meu caso, a margem inferior da tabela) deixava a droga do artigo com 21 páginas;
* o fato de as bancas serem, mesmo, uma porcaria;
* de não ter uma mesa decente para meu artigo;
* as horas olhando para as listas de pareceristas...
*1 hora de viagem, debaixo de chuva, até chegar no aeroporto de Confins para descobrir que meu vôo tinha sido cancelado e que só teria vôo para daí 2 dias, chegando quase no final do congresso(e, se houvesse atraso, perdendo a hora da minha apresentacao)
e, o mais importante:
* o sarro da cara dos amigos que não foram para salvador;
*passeio de barco reservado, para o dia inteiro da quarta;
* sofrimento com a depilação para poder colocar biquini, ainda que estivesse queimando com mais de 38 graus de febre!!! (o que não fazemos pela ciência!!!)
*ATÉ BIQUINI EU COMPREI!!!!!!! E DOIS!!!!!!!!!!!!!! Quem vai ressarcir este prejuízo???????

Então, aqui vai meu recado para a Anac, Infraero, e Ministério da Defesa:
*$&#($#$!!!!!!
*&$%!*@#$%!!!! %!"$#$&¨%(%&$!!!!
e também
*?^`$*$%&$¨@($_@!!!!!!!!
E tenho dito!

Obrigada pelo espaço, colega economista!!!!

André disse...

Rpz, nesse encontro da Anpec os palestrantes mais importantes (os que tinham que ir e voltar no mesmo dia) faltaram quase todos.
Menos mau, que eu moro em Salvador e não prescisei pegar avião, hehehe.