fevereiro 26, 2009

Sou um Tapado

Seguindo o Cláudio, também consulto o pai dos burros. Do Dicionário Houaiss:


"Tapado: ■ adjetivo: 1) que se tapou; fechado, obturado, vedado; (...)7) Derivação: sentido figurado. Uso: pejorativo. Falto de inteligência ou cultura; tolo, ignorante, bronco;(...)■ substantivo masculino: 11) indivíduo sem inteligência, bronco, estúpido."


Isto me define. Enquanto estava no Banco, a piada nos corredores consistia em nos definir, a partir do título de um livro, os "cabeças de planilha". Precisava estimar os modelos? Chamem os "cabeças de planilha"! E lá ia eu como parte da equipe para fazer o trabalho... Divertidíssimo!

Venho para o doutorado. O que eu faço? Mais modelos! Inclusive grito com a convergência de alguns, de tão bonitos!!! Isto é coisa de quê? "Cabeça de planilha", óbvio!

Agora, descubro que sou um tapado: poderia estar rico, estudando apenas por prazer, depois de operar no mercado sabendo que a crise viria. Não dependeria de emprego para viver (fosse no Banco, em alguma empresa do setor privado, em outro órgão público, como a TV Brasil...), apenas teria os louros das apostas bem sucedidas no mercado.

Você duvida disto? Então olhem o que eu perdi ao ficar preso aos modelos. Tapado, óbvio!!!

Abraços!

Um comentário:

Chris disse...

Tapado, nao, amor... tais descobertas (e tais empregos) sao reservadas apenas para seres muito iluminados! hehehehe